10 Exercícios para Concursos com Gabarito





01  A frase inteiramente correta quanto à ortografia é:

A) A ata da sessão extraordinária apresenta deslises, poucos, é certo, mas que exigem pronta retificação.
B) Sempre obsequioso, o assessor incumbiu-se de externar ao Governador nossa dissenção quanto à política energética.
C) Os expedientes utilizados pela oposição deixaram exasperados os ânimos, em vista de seu caráter tão-somente protelatório.
D) Tais despesas talvez sejam excessivamente onerosas a um orçamento já expoliado  pela má fé dos antecessores.
E) É sempre penoso discriminar a minoria, mas a falta de concenso implica, é claro,  óbices à plena satisfação.

02  Ocorrem DOIS erros de ortografia em

A) desfaçatez, prazeiroso, incólume, desairoso.
B)  concisão, suscinto, retaliação, obcecado.
C)  complementariedade, suspeição, obsessão, vigente.
D) privilégio, maugrado, repto, contumaz.
E)  remanecente, benfazejo, izenção, frouxidão.

03 É o RADICAL que irmana as palavras da mesma família e lhes dá uma base comum de significação (Celso Cunha, Gramática do Português Contemporâneo).

Com base na citação acima, é correto afirmar que se irmanam pelo mesmo radical as palavras:

A) júri, perjúrio e ajuizar.
B) consideração, constelação e conspiração.
C) solitário, dissolução e insólito.
D) vidente, revisor e convincente.
E) condução, condizente e irredutível.

04  Está inteiramente correta quanto à flexão verbal a frase:

A) Os parlamentares divergiram nos detalhes, mas conviram nos pontos essenciais.
B) Se eles requisessem revisão do processo, tê-la-iam conseguido.
C)  Coalizaram-se as oposições, mas o Presidente interveio e obteve uma trégua.
D) Pediu-nos que lhe expedíssemos os documentos antes que o superintendente os revesse.
E) Desde que se manteram todos calados, o orador houve por bem iniciar sua fala.

05  A frase inteiramente correta quanto à concordância verbal é:

A) Vê-se por toda parte, a todo momento, indícios dos seus descalabros administrativos.
B) Não nos ocorreram quantos prejuízos acabaríamos por lhes trazer com nossa decisão.
C) Como não se contrapõe o seu ponto de vista e o meu juízo, não haverá razões para polêmica.
D) As medidas que nos parece conveniente tomar soarão antipáticas aos ouvidos do povo.
E) Caso algum dos presentes pretendam pronunciar-se, é preciso que o façam agora.

06 No caso de …… a faltar recursos para as medidas que se …… implementar, …… as responsabilidades, determinou o chefe do Tribunal. As formas verbais que preenchem corretamente as lacunas da frase acima são:

A)  virem – devem – apurem-se
B) virem – devem – apure-se
C) vir – deve – apurem-se
D)  vir – devem – apure-se
E) vir – deve – apure-se

07…… ela aparente ser uma pessoa dócil, não a provoque, …… a ovelhinha não se transforme numa tigresa. A frase acima ganha sentido completo e lógico preenchendo-se suas lacunas, respectivamente, com as expressões:

A)  Desde que – a fim de que
B)  Muito embora – desde que
C) Dado que – muito embora
D) Ainda que – para que
E) Mesmo que – em vista do que

08  A frase construída de forma inteiramente correta é:

A)  Não apreciei o filme que tantos dizem ter gostado.
B) A exposição a que resolvi prestigiar era um desastre.
C)  A peça cuja execução ele mais se esmerou foi a de Mozart.
D) Ainda que comigo venham a discordar, editarei o livro.
E)  Não é um romance por cujo estilo me sinta atraído.

09 Parece-nos plausível que venha a ocorrer exacerbação dos ânimos, pois a decisão foi tomada arbitrariamente.Têm significação oposta à dos termos sublinhados na frase acima, respectivamente:

A)  inverossímil, pacificação, pressurosamente.
B)  inadmissível, apaziguamento, criteriosamente.
C) inaceitável, apaziguamento, gratuitamente.
D) inadmissível, arrefecimento, injustificadamente.
E)  reprovável, tensionamento, sensatamente.

10 A impropriedade no emprego do léxico torna absurdo o sentido da seguinte frase:

A) Sempre subserviente, o Raul nunca se furta a cumprir quaisquer determinações, mesmo as que não provenham de seu chefe imediato.
B) O esmaecimento das cores, no outono, imprime excessiva melancolia em seu  espírito, tornando-o infenso às depressões.
C) Aproveitam-se de sua versatilidade para atribuir-lhe funções que normalmente requereriam as qualidades de um especialista.
D) Os políticos carismáticos podem descuidar um pouco da retórica, tal o prestígio já capitalizado pela força da sua personalidade.
E) Não vejo em seu relatório senão alguns lapsos de pouca monta, que você mesmo poderá retificar com presteza.

GABARITO
01-C
02-E
03-A
04-C
05-D
06-A
07-D
08-E
09-B
10-D

Be Sociable, Share!

One Comment