Método de Reconhecimento do Sujeito e do Predicado





As orações, em geral, apresentam, em sua estrutura, dois termos: sujeito e predicado. Tais elementos são chamados de essenciais pela gramática tradicional. O Sujeito é o termo da oração com o qual o verbo  concorda veja:

Equipes de resgastes não chegam aos locais alagados.

A forma mais simples de identificar corretamente o sujeito é usar o seguinte “esquema”:

IDENTIFICAÇÃO DO SUJEITO

1. Quem + Verbo

O apresentador fez graça para o público.

Quem fez Graça? O apresentador (sujeito).

2. Que + Verbo

Esse livro de análise sintática é excelente.

Que é excelente? Esse livro análise sintática (sujeito).

Em “Esse livro de análise sintática”,  existe um termo de maior importância , que recebe o nome de núcleo do sujeito.
O enuciador deseja, resumidamente, comunicar que O Livro é Excelente. Os termos “esse” e “análise sintática” são elementos que ampliam o significado da frase.
Considerações feitas acerca do sujeito, Vamos ao predicado!

PREDICADO

Define-se predicado como tudo aquilo que se declara sobre o sujeito. Veja um exemplo:

Doenças são ameaças depois das chuvas em Friburgo.

Como você já identificou, o sujeito da oração acima é “doenças”. O que foi dito a respeito  de “doenças” ? Que “elas são ameaça depois das chuvas”, certo?
Então,

“São ameaças depois das chuvas em Friburgo.”

é o predicado da oração.
O sujeito e o predicado podem receber classificações diversas, mas isso é assunto para outra aula!

Até já

Be Sociable, Share!

2 Comentários

  • Nome*Marquinho
    15 ago 2011 | Permalink |

    Gostei! Simples e direto.

  • Eliane Vieira
    17 ago 2011 | Permalink |

    Valeu, Marquinho!